Pequeno Príncipe precisa de apoio para enfrentar o coronavírus

O Hospital Pequeno Príncipe iniciou a sua preparação para o enfrentamento do coronavírus (COVID-19) em janeiro. Enquanto as equipes de saúde se desdobravam no planejamento de novos protocolos e medidas de prevenção, proteção e assistência aos pacientes e aos colaboradores, a equipe administrativa começava a sentir o impacto logístico e financeiro da pandemia. “Este momento que estamos vivendo terá um forte impacto na nossa sustentabilidade econômico-financeira”, afirma o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe.

Dentre os motivos para este impacto, estão o aumento dos custos de materiais e insumos essenciais para o atendimento à COVID-19, associado à queda do faturamento gerado pela suspensão de cirurgias. “Mais do que nunca, precisamos do apoio da sociedade para superar este momento e continuar atendendo as crianças de todo o Brasil com a medicina de excelência que é a nossa marca há 100 anos”, declara a diretora executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro.

Esse é um dos temas da 3ª edição do Pequeno Príncipe News – Edição especial COVID-19, que também apresenta uma matéria sobre a forte queda no faturamento do Pequeno Príncipe provocada pela suspensão de cirurgias eletivas. O cancelamento dos procedimentos foi uma das medidas tomadas pela instituição para evitar a disseminação do coronavírus e para ter capacidade de atender as crianças e os adolescentes que foram acometidos pelo vírus. No entanto, essa medida tem um impacto direto na sustentabilidade econômico-financeira do Hospital.

Apenas na primeira quinzena de abril, por exemplo, o número de cirurgias realizadas no Pequeno Príncipe caiu mais de 80% se comparado com o mesmo período do ano passado. Em 2019, foram realizadas 970 cirurgias nos primeiros 15 dias de abril. Neste ano, foram 172.

 

 

Boletim COVID-19
Por fim, esta edição do Pequeno Príncipe News traz um boletim informativo sobre os atendimentos de pacientes com casos suspeitos da doença. Desde 4 de março até 24 de abril, o Pequeno Príncipe investigou 79 pacientes com suspeita de COVID-19 e seis casos foram confirmados. Destes, quatro estavam recuperados da doença e os pacientes que ainda estavam internados receberam todos os cuidados necessários.

Clique aqui e confira na íntegra as notícias da 3ª edição do Pequeno Príncipe News – Edição especial COVID-19.