Voluntários ajudam a construir um hospital cada vez melhor

A ação voluntária está presente no Hospital Pequeno Príncipe desde a sua criação, há quase 100 anos. Foi pelas mãos de um grupo de senhoras voluntárias da comunidade que o atendimento médico a crianças sem condições financeiras de acesso à saúde começou a ser prestado, em 1919.

Essa força deixou a sua marca, que até hoje se faz fortemente presente na instituição. A presidente da associação mantenedora do Hospital, Ety Gonçalves Forte, é voluntária há mais de 50 anos, responsável pelo incremento da assistência com excelência e equidade. O programa de voluntariado recebe cerca de 1.500 pessoas por ano, que atuam em atividades de recreação e lazer, e levam ânimo e conforto aos pacientes e suas famílias, bem como auxiliam no processo de recuperação.

Por meio dos eventos que o Hospital realiza, profissionais das mais diversas áreas se engajam e fortalecem ainda mais essa rede. O Gala Pequeno Príncipe, por exemplo, reúne renomados chefs em eventos no Brasil e no exterior em prol do Hospital. O chef Claude Troisgros é o padrinho da iniciativa e anualmente convida outros importantes nomes da gastronomia para cozinharem ao seu lado. O Gala ainda conta com o envolvimento de Daniele Giacomazzi Behring, embaixadora do Pequeno Príncipe e responsável por apresentar a causa às amigas Amalia Spinardi Thompson Motta e Belinda Badcock Brito (co-chairs do evento), além de mobilizar sua rede para a causa. Juntas, elas doam seu tempo e energia, e ajudam a fortalecer o time de apoio à causa da saúde infantojuvenil.