Gala 2020

O ano de 2020 trouxe ao mundo um grande desafio: enfrentar uma pandemia, provocada por um vírus ainda desconhecido, para o qual não se conhece vacina e nem tratamento. O vírus venceu a batalha contra muitos. A vida, tal como a conhecíamos, precisou ser reinventada: o distanciamento social tomou o lugar dos abraços e beijos nas nossas demonstrações de cuidado e carinho. Nossos heróis agora vestem branco e estão dentro dos hospitais e laboratórios de pesquisa, lutando contra um inimigo invisível aos nossos olhos, salvando vidas reais e buscando um caminho de superação para todos nós.

Para o Pequeno Príncipe, este é o momento de celebrar a coragem, a esperança, a superação, a solidariedade e tantos outros sentimentos que estão tornando um pouco mais leve esse momento desafiador. E é este convite que a instituição faz ao lançar o Gala Pequeno Príncipe 2020 – Uma Jornada pela Esperança.   

O evento, assim como o mundo, ganha novos contornos. O tradicional jantar de gala que reúne amigos e apoiadores do Pequeno Príncipe será substituído neste ano por encontros simbólicos virtuais, celebrando o cuidado diário com a vida por meio da assistência e da pesquisa. Com os conteúdos sobre saúde, ciência, música e gastronomia que serão compartilhados, vamos aproximar corações solidários, que acreditam na força da união para superar mais essa adversidade na centenária história da instituição.

Assim como nas edições anteriores, as investidoras filantrópicas Daniele Giacomazzi Behring e Amalia Spinardi Thompson Motta, e o padrinho do evento, o chef Claude Troisgros, estão mobilizados para engajar suas redes de relacionamento nesta corrente do bem.

Mais do que nunca, o Pequeno Príncipe precisa de apoio, pois a estimativa é de que a pandemia do coronavírus (COVID-19) gere um déficit estimado entre R$ 15 milhões e R$ 20 milhões, que se somará à defasagem já recorrente de cerca de R$ 44 milhões ao ano na assistência e na pesquisa, gerada pelo subfinanciamento do setor da saúde e inovação.

Preços elevados de insumos, equipamentos de proteção individual (EPIs) e medicamentos, necessidade de aumentar os estoques e interrupção temporária de cirurgias eletivas são algumas das causas do problema. Soma-se a isso a necessidade de investimentos em pesquisas, inclusive sobre a COVID-19, para ampliar os esforços de novas descobertas e possibilidades de imunização, tratamento e cura.

A união em torno da causa da saúde infantojuvenil, apoiando o maior hospital pediátrico do Brasil, será capaz de amenizar esse impacto. O engajamento, a empatia e a solidariedade são os remédios que o Pequeno Príncipe necessita para continuar vivendo para quem tem muito o que viver!

Clique aqui e saiba como participar do Gala Pequeno Príncipe 2020 – Uma Jornada pela Esperança.